2.12.08

Rio Quente Resorts versão 4.0



Voltamos de viagem as 2 da manha do dia 1º de dezembro de 2008

confesso que no começo me sentia uma estranha no paraíso, uma desmiolada reprimida pelos olhares julgadores dos ' amigos ' e dos tais responsáveis, mas com o passar das horas, isso foi sendo esquecido e só vinha a tona aquela tal voz irritante, que eu tenho que conviver, a hora que eu ia pro restaurante.
1º dia foi psy, conheci o Mateus, dei o fora, num tava afim, tava cansada e odeio psy. fikei no vacuo porque ninguém mais encontrou com os meus olhos aflitos e atordoados

2º dia foi axé na praia, queriam me empurrar prum projeto de mano mal sucedido lá, e por pouco não me joguei pra ele mesmo, graças a projeto de modelo, eu não fikei com ele, agredeço por seus comentarios improóprios honey, e tbm te amo mesmo assim Looh=] Mas ae acabo rolando com o Mateus do dia anterior, ele dançava um rebolation que pelo-amor-de-deus. dizem rumores que ele tinha namorada, mas fikei sabendo disso depois, e ae que entendi porque ele qria ficar escondido comigo (y)
3º dia foi O DIA. Banda Dogma tocando la no Toldo, saca que foi o show da minha vida?sem alcool( energetico subistituiu vai, ja que fikar bebada eh puro psicologico ) cantei tanto, gritei que ate agora estou rouca, senti, foi intenso demais sabe, e ate em algumas musicas eu quis chorar, aquela lagrima quis escorrer porque você não estava ali, mas eu segurei firme, ergui a cabeça e as lagrimas que não derramei poderia ser confundidas com o meu suor, ou com o choro de alegria q eu estava sentindo por ainda ter sentimentos dentro de mim, pensei q ja estava seca.
acabo o show, altas fotos, me recompus e fui a caça. Aquele desejo insessante de me preencher com alguns beijos, o fato deu tentar transformar todos no principe que você é pra mim, as vezes pode ser interpretada de maneira errada e as vezes isso me preocupaa, mas todos me dizem que é pra eskecer a voz alheia e tentar ser feliz.

com algumas ajudinhas, acabei a noite conversando com o Sá, um menino legal, mas tremeu na base, entendo, 14 anos, começando a vida, mas ' o que acontece em Caldas Novas, fica em Caldas Novas ' é o lema ;)

a volta foi melhor que a ida, MUITO melhor, o meu instinto de femea estava aguçado, e a minha fantasia psiciana estava descontrolada, o que juntou-tudo-e-misturado e acabou transformando a minha volta num poço de lembranças do cobertor de Palhacinho (:

2 comentários:

Cleber Vaz disse...

O que posso dizer depois de ler esse relato?!?!

Caper Diem né.....

Cuidado com essa vivênca energética, deixa um pouco para os quinze até chegar aos dezenove se não vai acordar aos vinte e ver que viveu tudo isso com quatorze.

steh:) disse...

aaa gataaaaa que viagem néé?
asiuhdiashidhiashdias
voce escreve bem pra caramba ouuu e quem é esse seu amor perdido no tempo?