6.8.09







"Ele se plantou diante dela e levantou as mãos, com as palmas à vista. Não estou armado. Um sinal de paz universal."




Diante de mim ele disse coisas que eu nunca pensei em ouvir. Diante de mim, mesmo sem saber quem sou, como sou, que cheiro tenho, disse com toda a certeza do mundo: Morena, eu teamo.
Então suas palavras entraram como um punhal em seu coração... agora ela começara a duvidar de tudo... até de sua sombra. Como se destino num existesse, como se sorte também não habitasse a Terra, como almas gêmeas fossem filosofias erradas. Como se não houvesse amor entre os homens.

Um comentário:

J.R disse...

complicadíssimo isso!!!!


Há que se ter cautela.


bjãoo!!!!!