31.5.09

Tem Cara de Amor


Eu devia ter ouvido as conspirações que todo mundo estava fazendo sobre esse caso exótico. É fato que isso não daria certo, ou alguém se cansasse, ou os dois achariam melhor parar por aqui, ou nenhum nem o outro iria até a cidade do outro. Porém, às vezes olho e vejo que não falto empenho de nenhum dos dois, e não foi o olho gordo que foi gooooordo demais, foi a tendência deu achar que nada vai dar certo pra mim. Essa maldição que eu nem acreditava existir faz com que todo o universo crie um paralelo que me faça sentir encurralada e pedir pra sair, e gritar, e chorar, e acabar com o que deveria ser começado. É a tendência, é a maldição.
Não uso mais o velho clichê de que a culpa não é sua, o problema não é com você, sou eu. Mas é. Minha vida é tão sem sal que é regida por um clichê, olha que maravilha isso.
E nenhum de vocês parou, desceu do mundo de vocês e quis enxergar meus sonhos, e quis sentir os meus sentimentos, nenhum de vocês parou um minuto pra ouvir o que eu tava querendo tanto dizer. Tudo bem que ninguém tem a obrigação de tentar concertar um mal feito por mim, ninguém tem a obrigação de agüentar uma mulher Peixes de ascendente Escorpião em TPM e apaixonada por um menino a 300 km de distância: olha o que a carência faz com uma pessoa. Carência ou destino? Amor ou paixão? Será que há diferença entre os dois.
O que eu queria realmente dizer, é que eu dou esse show todo, essa pompa toda, esse ciúmes todo, essa angustia, essa saudade, essa revolta, essa culpa, esse drama, porque eu realmente te amo, cara. Eu realmente num to querendo levar a brincadeira isso, eu to usando meu anel no dedo de compromisso só pra ser uma forma de gritar pros quatro cantos do mundo que eu to com você, que eu to junto mas não perto, que eu to aqui mas com vontade de estar ai, eu grito, bato no peito e digo que você vai ser meu, porque eu QUERO isso, porque eu PRECISO disso, eu preciso provar pra mim que eu sou capaz de achar e ficar com o amor da minha vida. E eu não quero q vcê me ache ridícula, muito menos maníaca, ou possessiva demais, isso tudo meu amor, é apenas AMOR.

Um comentário:

J.R disse...

ENTÃO!!!!

SEM QUERER SER ATREVIDO E JÁ SENDO!! (TALVEZ EU TENHA ESSE DIREITO, TALVEZ NÃO).

A DISTÂNCIA NÃO É DESCULPA! NÃO MESMO VIU???

OUTRA COISA!

ESSA INTENSIDADE TODA, QUERER "DEMAIS", AMAR "DEMAIS", CIUMES "DEMAIS", ISSO SIM É DESCULPA, VIU?

FALO POR EXPERIÊNCIA PRÓPRIA (FALANDO COMO IRMÃO UM POUCOO MAIS VELHO) TIVE PROBLEMAS RECENTES DEVIDO A ESSA INTENSIDADE NO QUERER.

ESSA ENXURRADA DE SENTIMENTO ASSUSTA A QUEM NÃO É ACOSTUMADO (MEU CASO). PORTANTO, QUERIDA AMIGA! CAUTELA EM TUDO, PRA NÃO SE MACHUCAR TÁ??

ÓTIMA SEMANA!!

BJS.