25.6.09

Pra quê?


eu queria uma calça azul. Azul cor de céu, e que eu usasse ela sempre quando fosse roubar um pouco do teu mel. Aquele mel que você esconde atrás do quadro da cozinha, aquele docinho, que a gente sempre comia com Leite Ninho.Eu queria tanto uma calça azul...
Pensando bem, acho que eu queria um lenço preto. Preto cor do escuro, negro como a profundidade de teus olhos perdidos nas margens do futuro. Um lenço comprido, para eu poder dar nós e nós e sempre lembrar de nós. É, eu queria mesmo um lenço preto.
Você dar a entender que amanhã é um novo dia, que as lojas estarão abertas e que eu tenho dinheiro suficiente pra comprar as coisas certas. Você acaba achando que minha maquiagem esta um pouco vulgar, ou as vezes reclama que a minha saia esta muito curta e insinua que eu preciso trocar. Você insinua, não diz, não fala.as vezes ouve, nunca vai me ver nua. Acho que não vou ser sua, mas não quero ser tua. Quero que você seja meu. Não propriamente uma propriedade, não um sonho de pura vaidade, e nem que isso tudo se torne forçado, pode ate ser engraçado, mas eu quero que seja.
A loja abriu: - Tem uma calça azul? Azul cor de céu, por favor.
Você insinua para eu parar de olhar no relógio enquanto ouve a música do rádio no décimo andar. Eu falo que relógios são chatos, eles só sabem rodar, rodar, rodar e rodar.
- Senhora, sinto muito, calça azul não tenho. Nem cor de céu, muito menos o teu tamanho. Nós são trabalhamos com a sua numeração... concordo que em falta nós estamos, entretanto tenho um lenço branco cor de nuvem, o que acha?
"Amor, ela disse que calça tamanho infinito não tem. Nem o lenço preto também"
então, você falou tuas primeiras palavras: - Pra quê o infinito se eu me encaixo contigo num cubículo menor que as partículas da cutícula? Pra quê lenço preto se eu trouxe flores vermelhas, e você esmeraldas nas orelhas? Pra quê calça azul e lenço preto se o jeito era ter feito tudo sem defeito? Pra quê lenço preto e calça azul se o amor também se propaga de norte ao sul?

6 comentários:

jupyhollanda disse...

ai que texto lindo...

amei amei amei! parabéns, menina!

B-Juju

Melanie Brown disse...

Cada Dia Melhor!!

:D

J.R disse...

Prefiro as unhas verdes...rsss.

J.R disse...

ahh!! Vai reler algumas cartas? Não faz isso nãão!! Vai espirrar...rs.

Q bom que gostou.

bjs!

meus instantes e momentos disse...

gosto de voltar ao teu blog. Muito bom o texto.
Maurizio

Melanie Brown disse...

Garota!!!:D
Já estava pensando que
A senhorita nao existia,pouca idade, milhoes de belas palavras,
Mas nem uma retribuiça sua:
So pode ser sonho!! rs
Que bom ti ver lá,
Legal vc ter de algum modo
se identificado com meus pensamentos!
Origada pela visita,
Esteja lá quando quisser,
Eu ja sigo!
bjooO'