30.11.09

Atrações !



É difícil encontrar as coisas que procuramos, eu falo em terceira pessoa porque eu não estou sozinha, eu tenho várias inteligências que me dirigem para vários horizontes, e que querem várias coisas. Coisas não mais vazias. Agora eu quero o cheio. Cheio de amor, cheio de sorriso, cheio de possibilidade, cheio de alegria, cheio de bem estar, cheio porque não esta vazio. Isso já satisfaz. (Só num vale estar cheio de vazio, okay?)
Eu to procurando, incessantemente, vorazmente, com uma puta vontade de achar mesmo.
Sabe, eu queria encontrar um homem que por mais foras meus que ele receba, ele se sinta interessado em tentar outra vez. Eu quero encontrar um homem que seja despertado pelo meu natural, pelo meu eu, pela minha inteligência, pelo meu corpo também, pela minha beleza de portuguesa misturada com espanhola, pela minha pele bronzeada com cor de cenoura, pelos meus sonhos, pela minha voz.
Um homem que deixe de ver TV pra ficar pedindo pra eu cantar. Um homem que saiba, EXATAMENTE, MILIMETRICAMENTE o ponto certo. Aquele com que eu nunca vou estar cansada de estar perto, e por mais que eu o mande embora, e por mais que todos, e tudo esteja contra aquele encontro, ele se sinta na obrigação que ele tem com o destino de correr atrás da mulher da vida dele que será eu.

Eu quero um macho.
Que me veja com olhos que mereçam encontrar com os meus todo o momento. Que diga à minha família que vai casar comigo, mesmo eu jurando de pés juntos que nunca irei me casar. Que queira ir tomar uma cerveja só porque ta calor. Que queria ir buscar um vinho, só porque hoje vai ter macarrão. Que leve café na cama, mesmo quando eu num durmo com ele. Que sonhe comigo, mas lembre no outro dia, e passe um dia maravilhoso por causa das lembranças do sonho. Que seja cafajeste ao ponto de passar o dia inteiro sem me ligar, pro final do dia me aparecer com flores, champanhe e uma aliança de compromisso. Que seja lindo pros meus olhos e que seja feio para as outras não o tirarem de mim.
Um ser que me cuide, que me ame, que me queira. Um ser totalmente desprovido de raiva, de superioridade, de orgulho, de narcisismo, de avareza, de burrice, de arrogância. Um ser que diga todos os dias que eu sou a mais bonita menina que ele já encontrou por ai, e que se um dia me deixasse, seria porque o destino soprou em seus ouvidos que eu não estava mais feliz com ele, e a minha infelicidade, pra ele, dói mais que a própria morte. Um ser que me chame de pequena, mesmo eu tento meu 1,76m, mesmo eu tento 1,20m de perna.
E você me pergunta se ele existe?
Eu digo que por todos os livros que eu li, por todas as histórias que ouvi, por toda experiência que eu presencie, por todas as músicas que eu ouvi chorando, eu acho que eu posso criá-lo. Eu acho que eu posso ter ele assim, do jeitinho que eu quero só com um simples piscar de olhos, uma enxergada diferente, uma moldada quando possível.

As pessoas são o que nós queremos que elas sejam. É simples assim mesmo. Você dá amor, e a pessoa não entende porque ela não deveria te dar amor também. Você deseja o bem, e a pessoa não tem motivos pra te desejar o mal. Você cuida, e a pessoa não descuida de você. É recíproco, mesmo quando você acha que não. Com todas as coisas que vem acontecendo no nosso dia a dia, a gente crê cada vez menos nas pessoas, na pureza do bem, na verdade alheia, no carinho próximo. Tudo pra gente é interesse, tudo pra gente é segundas intenções, tudo pra gente é hipocrisia. Oras, pra que tanta descrença? Não que eu tenha fé, mas eu acho, por motivos quaisquer, que eu sou um imã que ta cada vez mais forte, cada vez mais positivo, e procura, e quer, e sonha, e TEM QUE achar um negativo pra se completar. Por que eu não sou negativa? Porque eu sou mulher. Porque eu sou filha. Porque eu sou irmã. Porque eu sou amiga. Porque eu carrego no meu nome uma puta força de Maria Lúcia, uma força de nativa, de sonhadora. E negativo que eu falo, é alguém que saiba enxergar, sem chegar, que sou quem o vai atrair. Assim existente homens positivos, e mulheres negativas também. Só me classifico nas mulheres positivas, pois sou aquela que cria envolta de ti, mas bem em volta mesmo, num diâmetro pequeno, eu circulo magnético muito intenso e pequeno, pra que seja percebida por um negativo não pelo teste, não pelo fato de estar passando e sem querer acabar sendo atraindo por mim, a positiva, mas por olhar e falar: Sim, ela é a MINHA parte positiva, é ela quem completa meu ciclo, é ela quem faz meu sol nascer todas as manhas, é ela que por mais inversa que pareça ser eu tenho toda a certeza do mundo que vai me fazer feliz mesmo quando chora, mesmo quando ta triste, mesmo quando me mata quando diz besteiras, porque é só quando ela esquece que é a parte positiva, é que eu consigo lembrá-la que eu a amo como qualquer outra metade que ela tenha por aí, é quando ela ta triste que eu vou ensinar pra ela que viver é bem mais do que “caçar” complementos, e sonhar sonhos. Viver é estar sujeito a qualquer coisa que exista entre o céu e a terra. Viver é esperar o inesperado. Então eu torno pra ela o inesperado, e assim eu vejo o sorriso em teu rosto, e o dia é bem melhor assim.

4 comentários:

Cleber Vaz disse...

Eu quero casar com você! rs

Seu traço está melhor, lembro dos primeiros textos que você me mostrou não tinha um terço dessa descrição que você passa hoje!

Parabéns!

Cleber Vaz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Melanie B. disse...

Imagem linda!!!

Paulo Vitor Cruz disse...

foto linda, texto mais lidno ainda... comentador de blog redundante, mas nem por isso menos sincero...

*vc é dez, chica...

abs.