8.1.11

III-

Se não existissem as novelas, as historias, os filmes e até mesmo os seriados, como que sobreviveríamos só de nossas experiências mundanas e tão cruéis? Já parou para pensar, que quando você assistiu algum programa do tipo Luciano Huck, Gugu e todos esses assistencialista de direita você se sentiu o cara mais sortudo do mundo por não ter uma “lata velha” e por ter toda a sua família reunida e não precisar ir “de volta para tua terra”?
Diz-me, o que seríamos de nós se não existisse a experiência alheia? A gente precisa acredita em alguma coisa mais confiável do que a que acontece conosco. Precisamos nos sentir sortudos de não estar tão no fundo do poço.
Egoísta, não?

3 comentários:

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

E eu que pensava que tudo isso não passava de um passa tempo...

Reflexões interessantes.

Mariana Rodrigues Costa disse...

é...
Realmente é muito egoísta.

Naia Mello disse...

Não. Acho que você foi até bem fundo. É isso mesmo. A tv existe para entreter. Mas de onde sai as estórias? De nós mesmos.