1.11.08

Carta Para O Príncipe Desencantado


O que eu queria falar é que a vida não ta sendo legal sem você aqui. Sei lá, é legal beijar outros caras, mas nenhum me entende como você me entendia, ou pelo menos tentava entender.
Eu tava pensando e vi a vida sem um grande amor nada mias é que apenas uma vida, onde sofrer é constante e sonhar é revoltante. Eu não posso voltar, só posso chorar eu to falando tudo isso, só para que no final você não jogue a culpa em mim.
Não sei se é amor, se é carência, ou o que seja, só sei que precisava falar o que eu sinto, o que eu penso e o que eu realmente tenho vontade de fazer.
Pode ser que acabando aqui eu encontre algum homen que me faça uma pequena gentileza e eu me apaixone profundamente, ou pode ser que eu nunca o esqueça que sempre sonhe com você. Tudo pode acontecer aqui dentro de mim, isso é deixa amedrontada.
Jurei que iria ser uma carta breve, sem rodeios para dizer a verdade, mas nunca fui mulher d poucas palavras, você sabe, sempre quis esclarecer e sempre acabei complicando, quis me prevenir e acabei remediada, eu nunca fiz nada certo.
Confesso você sabe que eu sou assim, estou morrendo de medo do que os outros iam pensar das minhas atitudes, como seriam o julgamento dos meus sentimentos, será que isso pode ser levado ao Júri.Só sei que estou fervescente de medo.
Sempre sozinha, mas rodeada de pessoas, sozinha numa multidão, só num quarto, radio ligado e celular do lado, você nem pensou em me ligar?Eu estava realmente precisando que esse ano que acabou de entrar se terminasse e assim com todos os anos de minha vida, um após ou outro e aceleramento.
Sou tão insegura, não vejo em mim alguém que pudesse ser mais do que aparento ser. me desprezo, e você sempre me adorando, por que você existe?To mesmo precisando de ajuda, não sei como e nem de quem, mas eu não paro de pensar em você!

Um comentário:

Miii Furlan disse...

aaamor
deeeemais
contiiinuaaa
*-*'