14.7.09

Esperança Mora Na Casa Da Liberdade II


Porque você espera algo que ninguém imaginou esperar, espera paz, espera esperança, espera sonhos realizados, claro, aqueles sonhos que se tornarão limites superados.
Ninguém acende a luz, alguém, apenas, diz que está com você, não sabe como, não sabe por que, não sabe como fazer, mas esta contigo, ele diz que o que precisar pode contar com ele, daí você se pergunta: “o que eu preciso?”. Mas infelizmente vem a velha musica: “mas você só quer algodão doce”. Salve Renato, salve as almas desesperadas que foram totalmente sufocadas, foram totalmente impedidas de libertarem seus impulsos naturais, essas almas foram, visivelmente, aprisionadas em jaulas chamada vida. Tem almas que não merecem vida, merece existir, e não viver, elas merece diferenciar, não aceitar, merecem sonhar e não acreditar, merece ser e não ver. Eu também mereço, mundo. Eu também mereço, Maria. Eu acho que mereço. Sim, eu mereço.


* CONTINUA NO PRÓXIMO POST. NÃO PERCAM! *

Um comentário:

Melanie Brown disse...

Não se sabe o que precisa além do 'algodao doce', mas ouvi o tal: Conte comigo!É uma delicia...